13/03/2018 Unhas decoradas: viaje pelas tendências de cada década!
Unhas decoradas: viaje pelas tendências de cada década!

Hoje o assunto do Blog Reposit é inspirador: a moda das unhas decoradas. Algo tão comum em nosso dia-a-dia, em outros momentos da história esteve restrito à alguma classes sociais e cores.

Você sabia, por exemplo, que a ideia de pintar as unhas das mãos é milenar? Isso mesmo! Existem relatos de que na Índia, China e Egito mulheres e homens de alto status social tingiam suas unhas para se destacar dos demais. Inclusive, uma das percursoras do esmalte vermelho foi nada mais, nada menos que a própria Cleópatra – era a única que poderia usufruir dessa cor em seu tempo.

Mas, da mesma forma, é fascinante ver como as rotinas de beleza evoluíram com o tempo. No início do século XVII, as unhas eram apenas polidas e perfumadas. Foi apenas em 1892 que surgiram os primeiros salões de manicure, especializados em tratar as cutículas, mas ainda sem pintar as unhas. Em 1914 surgiu a primeira base para proteção das unhas, voltada para operários que sofriam com o desgaste de agentes químicos. E somente em 1925 surgiu o primeiro esmalte: ele era translúcido e rosado, usado somente no centro da unha, deixando uma meia lua da junto à cutícula sem cor.

A partir disso, os esmaltes se desenvolveram. Sob forte influência das atrizes de cinema, os tons vermelhos passaram a serem explorados na década de 30. As cores já eram sólidas e cobriam as unhas, ao invés de apenas tingi-las. E foi nessa década também que um dentista criou o primeiro conjunto de unhas postiças, popularizada alguns anos mais tarde.

Nas décadas de 40 e 50, a moda era combinar o tom da unha com a cor de batons dos lábios. Por isso muitos tons de vermelho eram usados, desde o mais saturado ao mais sóbrio. A formulação dos esmaltes também foi aprimorada, o que proporcionavam uma boa cobertura da cor e um brilho uniforme.

Já na década de 60, as unhas em tons pastéis se tornam populares. Algumas atrizes de cinema agora combinavam as cores das unhas com o tom de olhos e cabelos. Assim, as unhas passam a ter um visual mais natural.

Em 1970, se inicia a década dos esmaltes sintéticos. Cores peroladas e metalizadas estão em alta e as unhas postiças muito longas são febre. Foi nessa época que a famosa francesinha chega às estrelas de Hollywood através do maquiador Jeff Pink, que viajou à Paris e achou essa maneira de pintar as unhas fascinante.

Já na década de 80, as unhas se tornam muito extravagantes! Podiam ser neon, ter glitter, decoradas com pedras e diversos “acessórios”. Essa explosão de cores foi acompanhada pelo formato de unhas mais quadrado, algo inovador, visto que nas décadas anteriores foram experimentados apenas formatos arredondados - sendo uma hora mais curto e outrora mais longo.

E quando os nada tímidos anos 80 passaram, a década de 90 trouxe de volta o minimalismo e a sobriedade para as unhas. Cores tradicionais como vermelho, nude e rosa voltaram à moda, e a moda lançada eram as cores escuras. As unhas voltaram ao comprimento menor e houveram até aqueles que foram adeptos aos esmaltes propositadamente lascados, o que criava um look mais grunge.

Quando o novo milénio começou, as unhas tornaram a serem feitas de forma mais discreta. Nos anos 2000, tanto as unhas quanto a maquiagem passaram a ser o mais natural possível, ficando em alta a famosa francesinha e os tons de esmaltes mais translúcidos e esbranquiçados.

Atualmente, disponibilizamos dos mais diversos efeitos para unhas, antes não imaginados. Cores opacas, alto brilho, enfeites, adesivos, glitteres e até mesmo efeito flocado: as unhas passaram à um plano elevado. Se desenvolveu um nível de interesse sem precedentes nas unhas artísticas – famosas nail art. Manicures se especializam em diversas técnicas de alongamento de unhas com os mais diversos materiais e tipos de acabamentos. Hoje, ter mãos bem feitas não é somente uma questão de higiene e status, mas sim um acessório de moda capaz de refletir a personalidade de estado de espírito de alguém. Inclusive, retomar algumas modas de outras épocas, como a pintura meia lua, tem feito a cabeça de muitas mulheres.

Mas, se você ficou curiosa tentando imaginar tantas unhas diferentes das últimas décadas, não se preocupe. O vídeo abaixo mostra a evolução das unhas nos últimos 100 anos e é um must total para as viciadas em beleza. Em apenas 3 minutos você irá acompanhar a mudança de cada época e poder escolher sua década de unhas favorita! Acompanhe.


Que tal receber as postagens apenas dos assuntos de seu interesse?

Selecione os assuntos e cadastre-se gratuitamente: